Empréstimo consignado: o que é e quem pode fazer?

Empréstimo consignado: o que é e quem pode fazer?

Contratar um empréstimo consignado pode ser um bom negócio para quem precisa de dinheiro rápido. Mas é para todo mundo? Quais são os prós e os contras? Saiba como contratar um empréstimo consignado.

Você já ouviu falar em empréstimo consignado? O serviço é muitas vezes a única alternativa para resolver alguma questão que demande uma solução imediata, e essa modalidade acaba sendo uma das mais procuradas. Porém, você sabe como ele realmente funciona? Todo mundo pode fazer? Quais os prós e os contras do empréstimo consignado? A gente tira essas e outras dúvidas para você bater o martelo antes de conversar com o seu gerente. Confira!

reclame

Empréstimo consignado: o que é?

O empréstimo consignado se diferencia de outros tipos de empréstimos, pois suas parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento, seja contracheque ou benefício, no caso de aposentados e pensionistas. Ele é oferecido tanto pelos bancos como também por outras instituições financeiras. 

Como as parcelas são debitadas por desconto em folha, ele não está acessível para todo mundo. O empréstimo consignado é uma opção para pessoas que possuem carteira assinada, desde que a empresa que o interessado trabalha tenha algum acordo com uma instituição financeira para oferecer esse serviço aos seus funcionários, servidores públicos, aposentados e pensionistas pelo INSS, militares (na ativa ou não) e beneficiários de auxílios do governo, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), por exemplo. Desempregados ou autônomos não podem contratar o empréstimo consignado e precisam recorrer a outras modalidades.

Como o empréstimo consignado é calculado?

Você está apto para pedir um empréstimo consignado e quer saber qual quantia está disponível para solicitar? De acordo com a Lei N°. 10.820/2003, regulada pelo Banco Central, o contratante só pode comprometer 40% do seu salário ou benefício, sendo 35% disponível para o empréstimo propriamente dito e 5% para amortização de despesas e cartão de crédito consignado. Exemplo: se o seu salário é de R$1.000 por mês, você dispõe de uma margem consignável de R$400.

Dica: Taxa de juros do cartão de crédito: como é calculada

Benefícios do empréstimo consignado

O empréstimo consignado é a opção mais viável e interessante para muitas pessoas que precisam de um dinheiro rápido. Afinal, essa modalidade possui diversos benefícios para o contratante. Conheça alguns deles.

Facilidade de contratação

Muitas vezes, solicitar um empréstimo pode representar uma dor de cabeça: as etapas de simulação, análise e aprovação podem demorar bastante. O empréstimo consignado, no entanto, não possui tanta burocracia: como o pagamento é “garantido” mediante apresentação da folha de pagamento, a contratação e a liberação do dinheiro costumam ser mais rápidas.

Taxas de juros menores

Os juros estão, muitas vezes, associados ao risco de inadimplência. Como no empréstimo consignado esse risco diminui, as taxas acabam sendo bem menores do que outros tipos de empréstimos, como o pessoal. Isso garante parcelas mais acessíveis

Prazo para pagamento mais amplo

Muitas vezes, o que impede alguém de contratar um empréstimo é a quantidade reduzida de parcelas. O empréstimo consignado, no entanto, possui um prazo mais amplo para pagamento. Exemplo: Um valor para empréstimo pessoal de, no máximo, 52 parcelas pode ser pago em até 120 meses no empréstimo consignado.

Banner

Desvantagens do empréstimo consignado

Apesar de possuir diversas vantagens, o empréstimo consignado, como qualquer outro serviço, possui pontos negativos que podem impactar a vida financeira e o orçamento do contratante. Veja o que avaliar antes de optar por esse serviço.

Pagamento único

Um dos maiores riscos do empréstimo consignado, em especial para quem é CLT, é perder o emprego. Nesse caso, é possível que o banco solicite a quitação da dívida de uma só vez, o que pode comprometer (e muito) o orçamento de quem já está fragilizado financeiramente. A instituição financeira pode ainda utilizar o dinheiro da rescisão, embora o banco só possa, por lei, retirar até 35% desse valor para pagar o empréstimo. 

É possível também, dependendo do contrato, trocar para outra modalidade de empréstimo, porém as taxas de juros podem ser muito mais altas. 

Dívida de longo prazo

Você está preparado para comprometer uma parte do seu salário, benefício ou pagamento todos os meses durante um longo período? Em muitas situações, esse dinheiro pode fazer falta e assumir uma dívida de longo prazo pode impactar seu orçamento. Pensar sobre isso é necessário antes de contratar um empréstimo consignado.

Pagamento programado

Em muitas modalidades de empréstimo, é possível amortizar a dívida adiantando parcelas e, consequentemente, pagando mais barato. No empréstimo consignado, entretanto, não é possível, já que a parcela é descontada diretamente da folha de pagamento. Isso pode ser um transtorno se você tiver a oportunidade de quitar a dívida antes, comprometendo sua renda por mais tempo. 

Dica: Milhas: o que são, como funcionam e como usar?

Quais são as diferenças entre o empréstimo consignado e pessoal?

Antes de escolher o melhor empréstimo para você, é preciso entender bem as diferenças entre as principais modalidades: o empréstimo pessoal e o empréstimo consignado. Entenda os principais pontos divergentes entre eles e esteja bem informado ao negociar com seu banco ou instituição financeira.

Contratação

Contratar um empréstimo consignado é muito interessante para um público específico, em especial servidores públicos de forma geral, aposentados e pensionistas, no qual o risco de perder o salário ou benefício é pequeno ou inexistente. A contratação do consignado é muito mais rápida e tranquila, mas só pode considerar até 40% da sua renda.

Já o empréstimo pessoal passa por uma análise de crédito que verifica não só a sua renda, mas também o seu potencial de inadimplência. Pode ser contratado por qualquer pessoa, inclusive autônomos, mas o risco torna a operação mais demorada.

Pagamento 

A quitação do empréstimo consignado é, como dissemos, “garantida” e descontada diretamente da sua folha de pagamento. Você não precisa se preocupar com a dívida ou ter medo de esquecê-la, pois o débito é automático e muito mais simples. No entanto, ele é programado, fixo e compromete sua renda até o fim das parcelas. 

Pagar o empréstimo pessoal, no entanto, pode ser mais fácil para algumas pessoas. A data do vencimento da parcela pode ser negociada com o próprio banco. Também é possível adiantar parcelas e amortizá-las com o tempo. É importante lembrar que o banco ou instituição financeira não está autorizado a descontar nenhum valor da sua folha de pagamento, exceto caso você autorize isso diretamente. 

Taxas 

As taxas são, com certeza, o que mais impacta a escolha entre o empréstimo pessoal e o consignado. Os juros compostos do empréstimo consignado costumam ser mais baixos e, por isso, ele é considerado uma modalidade de crédito mais barata para quem precisa de dinheiro, mas não pode pagar parcelas altas. O empréstimo pessoal, nesse ponto, é uma opção menos vantajosa. As taxas de juros podem ser bem altas, já que o risco de inadimplência é maior. 

Guia direitos do consumidor

Empréstimo consignado é a melhor opção?

Depende. Apesar de ser vantajoso de diversas formas, principalmente para quem tem a segurança do pagamento caindo na conta mensalmente, tudo depende do seu objetivo com o valor emprestado. Muitas vezes, é necessário justificar ao banco o que será feito com o dinheiro do empréstimo consignado. Para o empréstimo pessoal, entretanto, isso não é necessário. 

Além disso, é muito importante analisar o Custo Efetivo Total (CET), a somatória de todos os encargos e despesas (tarifas, taxas, impostos etc) que estão incluídos em uma operação de crédito. Essa informação é direito do contratante, pode ser solicitada pelo cliente e deve estar disponível no contrato, que – é importante dizer – deve ser lido atentamente antes de assinado. 

Outro ponto importante é pesquisar e avaliar o CET de diferentes bancos e instituições financeiras, a fim de escolher a opção mais rentável. Quem oferece as melhores taxas de juros? Quem te oferece melhor margem? Muitas vezes, sem esses cálculos simples, o barato sai caro e o empréstimo consignado pode não ser tão vantajoso como aparenta.

É possível cancelar o empréstimo consignado?

Sim. É possível cancelar o empréstimo consignado, mas, em alguns casos, o consumidor poderá arcar com algum valor além de devolver a quantia recebida. Caso o cancelamento ocorra dentro de 7 dias após uma solicitação de empréstimo contratado pela internet e o valor não seja movimentado, entende-se que o serviço não foi totalmente consumido e, por isso, não há cobrança de nenhuma penalidade. Nos demais casos, o cancelamento do empréstimo poderá causar a cobrança de penalidades, assim como a devolução do valor entregue.

O que fazer com o empréstimo consignado em caso de demissão?

Fui demitido, e agora? É preciso analisar essa possibilidade antes de contratar o empréstimo consignado. No caso de demissão, é necessário comunicar ao banco ou à instituição financeira quanto antes – afinal, não haverá mais folha de pagamento a ser descontada. O contrato determinará o que será feito. 

Em algumas situações, é necessário pagar a totalidade do empréstimo de uma vez só. Porém, a maioria das instituições possibilita a conversão do consignado em empréstimo pessoal, com o contratante assumindo as novas taxas de juros e o novo CET. De qualquer forma, vale conversar sobre as diferentes formas de negociações da dívida e escolher o que fica melhor para você.

Dica: Entenda o impacto do IOF para o consumidor

Aprenda sobre finanças e outros assuntos com a PROTESTE

Explicar como contratar um empréstimo consignado, organizar seu orçamento, consumir com inteligência ou até mesmo se defender como consumidor são alguns dos objetivos da PROTESTE, maior associação de consumidores da América Latina

No SeuDireito, você fica por dentro dos principais assuntos sobre os direitos do consumidor e bons hábitos de consumo. Visite o ConectaJá para conhecer as principais tendências da tecnologia. E acesse o MinhaSaúde para ter uma vida mais saudável e com mais bem-estar. 

Para você fazer compras mais inteligentes, a PROTESTE também realiza testes comparativos, com a análise de produtos diversos e até mesmo serviços para você escolher com mais consciência. Nossos especialistas testam de eletrônicos a itens de alimentação. E após a avaliação, indicam qual é a melhor opção de acordo com o custo-benefício.

Envie seu problema de consumo contra um fornecedor de produto e serviço para o canal Reclame. Nós vamos enviar sua mensagem diretamente para a empresa, em busca de uma solução para o seu problema. A resposta chega na própria plataforma. Nossos associados ainda contam com o auxílio de especialistas em defesa do consumidor. Acesse o site ou ligue para 4020-7753.

Direitos | 31 de janeiro de 2023
Problemas de consumo? Resolva no Reclame da PROTESTE
Direitos | 31 de janeiro de 2023
Problemas de consumo? Resolva no Reclame da PROTESTE
Direitos | 27 de janeiro de 2023
Planejamento financeiro 2023: saiba como fazer
Direitos | 27 de janeiro de 2023
Planejamento financeiro 2023: saiba como fazer
Direitos | 24 de janeiro de 2023
Conheça os direitos do consumidor idoso
Direitos | 24 de janeiro de 2023
Conheça os direitos do consumidor idoso
Direitos | 17 de janeiro de 2023
Saiba como sair da inadimplência
Direitos | 17 de janeiro de 2023
Saiba como sair da inadimplência