5 dicas para manter os estofados livres de pelos de animais

5 dicas para manter os estofados livres de pelos de animais

É preciso tomar alguns cuidados especiais com os móveis, já que os pets podem soltar muitos pelos

Ter gatos ou cachorros em casa pode resultar no desafio constante de lidar com pelos nos estofados. Birgit Marsili, da Lavoutique Lavanderia & Costura, destaca que cada raça e estação do ano influenciam a quantidade de pelos, e que a limpeza frequente dos estofados é recomendada para evitar problemas respiratórios, especialmente em pessoas propensas a rinites e alergias.

A pelagem fina dos gatos requer atenção extra, enquanto os pelos dos cachorros, mais grossos, geralmente aderem à superfície dos tecidos.

5 dicas para combater pelos de animais em estofados:

  • Impermeabilização protetora:

A arquiteta Priscila Tressino recomenda a impermeabilização para criar uma película protetora nos tecidos, especialmente contra pelos de gatos. Produtos no mercado oferecem durabilidade na limpeza e conservação.

  • Limpeza eficiente com escova:

Utilize uma escova macia para remover pelos sem danificar o tecido. Evite cerdas muito duras e, durante o processo, aplique spray perfumado ou bactericida na escova, observando possíveis alergias do pet.

  • Rolo de fita adesiva:

Após a escova e o aspirador, pelos persistentes podem ser removidos com rolos de fita adesiva, os mesmos usados em casacos. Tenha sempre um rolo em casa para uma remoção rápida.

  • Escolha de tecidos inteligente:

Priorize estofados em couro ou poliuretano, pois pelos não grudam nesses materiais mais lisos. Tecidos como lã tendem a acumular mais pelos, especialmente os de gatos.

  • Proteção adicional com capas laváveis:

Para evitar pelos nos estofados, cubra-os com capas removíveis laváveis ou mantas. Priscila sugere ter duas ou mais para garantir reservas durante a lavagem e manter a praticidade. As informações são da revista Casa e Jardim.